FIESC ressalta educação para o novo mundo do trabalho em evento de RH

Encontro que ocorre em Florianópolis nesta quinta e sexta-feira reúne profissionais de recursos humanos de todo o Estado
Imprimir
  • Glauco José Côrte participou de abertura da edição 2017 do Congresso Catarinense Sobre Gestão de Pessoas (Foto: Filipe Scotti)

Florianópolis, 13.07.2017 – A educação voltada para o novo mundo do trabalho é fundamental para o sucesso da força de trabalho do futuro, destacou o presidente da FIESC, Glauco José Côrte, durante participação na abertura da edição 2017 do Congresso Catarinense Sobre Gestão de Pessoas (Concarh), que ocorre nesta quinta e sexta-feira (13 e 14 de julho), em Florianópolis. O evento reúne profissionais de recursos humanos e líderes organizacionais para debater situações relevantes para o setor.

“Estudos revelam a dimensão do desafio que temos pela frente. Uma das conclusões é que as crianças que estão entrando hoje na escola vão trabalhar em profissões que ainda não existem. E este é um desafio para os gestores da área, pois será necessário preparar as pessoas para que se mantenham ativas no trabalho”, ressaltou Côrte, frisando que as pessoas passarão por seis ou sete empregos durante a vida. “Temos que ter uma educação voltada para este maravilhoso mundo do trabalho, que depende do esforço de toda a sociedade”, disse.

No Concarh deste ano, as palestras, workshops e práticas são debatidos sob o tema “O que move as pessoas? Signifique, Simplifique, Transforme”.  O encontro discute o que realmente move as pessoas, levando-as a efetiva transformação. “O que nos move na FIESC, fundamentalmente, são as pessoas. Nós trabalhamos para criar as condições que permitam às pessoas melhorar o seu nível de escolaridade, a sua educação, a sua condição de vida e, portanto, ter melhores perspectivas profissionais e pessoais”, acrescentou Côrte. “Precisamos de empresas que olhem o futuro com a perspectiva do bem. As pessoas do bem são muito maiores e mais fortes”, concluiu.

“A vida se faz de pedaços de outras pessoas que vão se tornando parte da gente também. E a melhor parte é que nunca estaremos finalizados. Haverá sempre um retalho para adicionar”, disse a presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos/Santa Catarina (ABRH-SC), Tetê Barbeta, estimulando o desenvolvimento contínuo dos profissionais de recursos humanos.

Sobre o Movimento SC pela Educação

O Movimento, lançado em 2012, tem o desafio de proporcionar aos trabalhadores catarinenses a escolaridade básica completa e formação profissional e tecnológica compatível com a função exercida. A iniciativa conta com 2,2 mil signatários e obteve a adesão da Fecomércio-SC, Faesc, Fetrancesc, Secretaria de Estado da Educação, além de entidades representativas dos trabalhadores das indústrias e outras instituições públicas e privadas. 

Entre os programas desenvolvidos constam o “Eu, Voluntário”, que estimula a participação da sociedade em ações de apoio às escolas; o “Jovens Embaixadores”, que identificou 32 jovens que atuam na aproximação do Movimento às escolas e promove o protagonismo juvenil, e o “Escola Parceira: Educação que faz Sentido”, que fortalece ações pontuais de melhoria da qualidade da educação.

Assessoria de Imprensa

Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina